Follow by Email

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Sem arrependimentos.

#np John Mayer - Slow Dancing In A Burning Room

Eu sei, ele te fez sorrir pra caramba.
Quanto tempo durou? Um mês? Dois, no máximo. Foi bom não foi?
E agora? Ele se foi, não é?
Nunca se arrependa, daquilo que um dia fez você sorrir.
Te deixou da mesma maneira com a que ele chegou. Do nada.

Mas essas coisas acontecem.
Estou aqui, não estou? Por experiência própria não de uma, mas de algumas vezes; de que falta de amor não mata.
E também não nos deixa mais seguros de algo. Continuo me iludindo fácil com um sorriso lindo que vejo.
Não me arrependi dos sorrisos lindos que me iludiram, e que sorrisos. Até hoje me faz suspirar, quando lembro.
Não me arrependi dos beijos, que me tiravam o ar.
Não me arrependi dos abraços, que me aconchegavam.

Os amores vem e vão. Mas sempre temos a maldita esperança de que o próximo seja  O AMOR.
E quase nunca é, não é mesmo?
E continuamos nessa, ele chega, nos apaixonamos pelo sorriso lindo, nos iludimos, ele se vai e a esperança fica.

:*

Nenhum comentário: